16 de outubro de 2014

A Evolução de Calpúrnia Tate, de Jacqueline Kelly [Resenha #191] + Promoção

A Evolução de Calpúrnia Tate - Texto


Sinopse

: Calpúrnia Virginia Tate tem 11 anos em 1899, quando pergunta o porquê de os gafanhotos amarelos em seu quintal serem tão maiores do que os verdes... Com uma pequena ajuda de seu notoriamente mal-humorado avô, um ávido naturalista, ela descobre que os gafanhotos verdes são mais fáceis de ser vistos contra a grama amarela e, por isso, são mortos antes que possam ficar maiores. Por gostar de explorar a natureza ao seu redor, Callie acaba criando um relacionamento próximo com seu avô enquanto enfrenta os desafios de viver com seis irmãos e se depara com as dificuldades de ser uma garota na virada do século. Em seu livro de estreia, Jacqueline Kelly habilmente traz Callie e sua família para a vida, capturando o crescimento de uma jovem com sensibilidade e humor.


Poucas vezes encontramos um livro cuja leitura seja plenamente prazerosa. Mas, quando isso acontece, temos em mãos uma experiência única. Foi mais ou menos assim que me senti com relação ao “A Evolução de Calpúrnia Tate”.

14 de outubro de 2014

Cecelia Ahern de volta é muito amor – Correio #25

Correio25

Cecelia Ahern foi uma autora de quem aprendi a gostar. No primeiro livro que li dela não entendi muito bem a presença do fantástico, mas quando consegui lidar com esse fato, com a presença do impossível na obra dela a coisa fluiu muito bem, tanto que “O Livro do Amanhã” é um dos melhores livros que  já li. Então é muito bom tê-la de volta, e, com certeza, será minha próxima leitura.

Neste “Correio” juntei as duas últimas remessas da editora, sendo que o “Atrás do Espelho”, o “Louco Por Você” e o “Aconteceu em Veneza” são do mês passado. Os livros que recebi foram:

9 de outubro de 2014

Os Dez Melhores Filmes da Sessão da Tarde [Listas Rápidas #2]

The-Goonies-movie-image

Volto hoje com a segunda edição do Listas Rápidas! Será que vai virar coluna semanal? Pra quem não viu a primeira edição, o Listas Rápidas é uma forma de se fazer listas sem culpa: penso em um tema, listo as dez – ou quantas forem – primeiras coisas que me vierem à cabeça, sem ter que ficar pensando depois em ordem, importância, ou choramingando por aquele favorito que acabou ficando de fora.

Desta vez vou listar os dez melhores filmes que assisti na Sessão da Tarde. Foram eles:

6 de outubro de 2014

O Código do Apocalipse – Leo Tillman & Heather Livro 02, de Adam Blake [Resenha #190]

O Código do Apocalipse


Sinopse: Depois das investigações de Manuscritos do Mar Morto, a ex-detetive Heather Kennedy recebe um telefonema com uma proposta de trabalho. Um suposto roubo no Museu Britânico precisa ser investigado. Kennedy rapidamente deduz que alguém teve acesso a livros sobre Johann Toller, um profeta europeu louco do século 17. Acreditando que o fim dos dias estava em suas mãos, Toller fez uma série de previsões relacionadas ao Apocalipse e aos eventos que o precederiam. Mas nenhuma delas havia se tornado realidade até então. Agora, pouco a pouco, os sinais se confirmam. Com a ajuda do mercenário e antigo parceiro Leo Tillman e de uma jovem que pertence a uma tribo secreta, Kennedy deve lutar para impedir que a próxima profecia se concretize: a destruição de uma cidade sem nome...


A primeira coisa que fiz em minha resenha sobre “Manuscritos do Mar Morto” , foi compará-lo a “O Código Da Vinci”. Era inevitável fazê-lo, mas, lendo o O Código do Apocalipse”, finalmente me dei conta do quanto o estilo de escrita do Adam Blake é diferente do de Dan Brown.

2 de outubro de 2014

Os Dez Maiores Detetives da Literatura Policial [Listas Rápidas #1]

Listas Rápidas 1 - Os Dez Melhores Detetives

Todos sabem que listas: 1- dão trabalho; 2 – na maioria das vezes, são injustas.

Dia desses estava me lembrando de uma lista que publiquei no blog sobre meus cem desenhos animados preferidos de todos os tempos, e o quanto de trabalho ela me deu, e nem precisava ir tão longe. Já estamos na metade do segundo semestre e logo terei de formular duas listas, uma com as melhores leituras deste semestre e, a mais importante, com as dez melhores do ano.

As listas não poderiam ser mais rápidas? E sem culpa?

29 de setembro de 2014

Tsumitsuki – Espírito da Culpa, de Hiro Kiyohara [Resenha #189]

Tsumitsuki


Sinopse: Takada Chinatsu se mudou para uma cidade onde tem uma lenda sobre demônios chamados tsumitsuki, que possuem os sentimentos de culpa que uma pessoa tem em seus pecados. Aqueles que foram possuídos tem os seus corpos e mentes devorados na medida que os demônios se manifestam. Uma das amigas de Takada começa a agir de forma estranha e um colega de classe, Kuroe, aparece para ajudar, mas os seus verdadeiros motivos estão escondidos atrás de uma mascara.


Apesar de gostar muito de mangás, não tenho tido muita paciência para seguir séries muito longas, com mais de dez volumes. Isso demanda tempo e recursos financeiros que não possuo, além da dificuldade de se ter acesso aos títulos aqui no interior de São Paulo. Por isso sempre acompanho com atenção o lançamentos de volumes únicos, eles são uma boa oportunidade de se conhecer novos mangakás e, também, usufruir de um produto diferenciado, que, por ser mais curto, vai direto ao ponto.

22 de setembro de 2014

How’s That For a Tragedy? I Became the Man I Was Hunting #Lost10Years

SawyerHurleyJack e Kate

A frase que dá título a esse post define bem o dilema de Sawyer. Disparado meu personagem preferido da série, James Ford assume a identidade de Sawyer que é na verdade a pessoa que ele está procurando. O quão irônico é você desenvolver em si todas as qualidades que fizeram com que detestasse uma outra pessoa? Ou, melhor dizendo, o quão terrível é isso? Será que todo predador tem de ser mau?

19 de setembro de 2014

Promoção: “Morte na Praia” [ #SawyerRC ]

Morte na Praia Fundo Promo

O “Morte na Praia”, da Agatha Christie, foi o primeiro livro da lista do “Sawyer Reading Challenge” que li. Como fã da Rainha do Crime, posso dizer que já comecei em casa, e gostei muito da leitura do livro. Para comemorar, resolvi fazer uma promoção valendo um exemplar do livro – edição da L&PM Pocket.

Clique em "Mais informações" para saber como participar.

14 de setembro de 2014

Se Eu Ficar, de Gayle Forman [Resenha #188] + Promoção




Sinopse: Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.


Adiei a leitura de “Se Eu Ficar” por um bom tempo, até que minhas expectativas com relação ao livro abaixassem. Pouco antes do lançamento – que vem acompanhado por um filme também muito aguardado – havia muita gente falando sobre, fazendo comparações, e dizendo o quanto as pessoas se emocionariam ao lê-lo. Queria fugir disso, então esperei.